CidadesEconomiaPolíticaUltimas horas

Zema tem até o dia 21 pra sancionar lei que cria Auxilio Emergencial mineiro de R$ 600

Benefício para famílias consideradas em situação de extrema pobreza só deve ser pago em agosto

O governador Romeu Zema tem o prazo até o dia 21 deste mês para sancionar o Projeto de Lei que cria o plano de recuperação econômica Recomeça Minas e o Auxílio Emergencial Força Família.

O benefício vai ser pago, em parcela única, no valor de R$ 600 para famílias em que a renda por pessoa seja de até R$ 89, consideradas em situação de extrema pobreza, e que estão registradas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CADúnico).

O projeto, de autoria do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Agostinho Patrus (PV), e coautoria dos demais parlamentares, prevê incentivos fiscais para a regularização de dívidas de contribuintes com o Estado.

O direcionamento desses recursos recebidos será para a desoneração fiscal dos setores mais impactados pela pandemia e para o pagamento do auxílio de R$ 600.

Fontes da Itatiaia afirmaram que, mesmo com a sanção do projeto de lei até o dia 21, o benefício só deve ser pago, de fato, no fim do prazo em agosto.

Isso deve ocorrer por dois motivos, porque em julho termina o Auxílio Emergencial do governo federal e porque, possivelmente, o governo não vai arrecadar antes disso os recursos que serão capturados com regularização de dividas de contribuintes que estão atrasados.

Por Edilene Lopes,

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale conosco?