EconomiaUltimas horas

Veja como parcelar contas em atraso da Cemig e da Copasa

Companhias têm campanhas de negociação de débitos. Saiba condições e regulamentos.

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) ampliou, desde a segunda-feira (10), a campanha de negociação de débitos. Nesta segunda fase, é oferecido aos clientes residenciais o parcelamento dos débitos em até 12 vezes, sem juros, via cartão de crédito, mesmo que tenham financiamentos ativos com a companhia.

O parcelamento nestas condições pode ser feito apenas por quem optar negociar pelos canais digitais da empresa.

O interessado em parcelar a conta de luz deve acessar o site ou fazer contato pelo WhatsApp (31 3506-1160), enviar um “Oi” e escolher a opção “Pagamento de Contas”. Preferencialmente, o cliente deve atualizar seus dados de e-mail e telefone e cadastrar sua conta por e-mail, utilizando os canais digitais da companhia.

Pelo site os clientes podem quitar as faturas por meio de cartão de crédito em até 12 vezes sem juros, mesmo com financiamento ativo.

Basta fazer o login, selecionar a instalação que possui débito em aberto e, posteriormente, o serviço “Segunda Via e Pagamento de Contas”. Em seguida, o cliente poderá verificar que existe a opção de seleção de débitos e a possibilidade de realizar o pagamento com a utilização de cartão de crédito ou débito.

Além das opções citadas, há também um telefone específico para o parcelamento de débitos: 0800- 721-7003, que atende das 9h às 21h, de segunda a sexta-feira, e das 9h às 15h, aos sábados.

As negociações por telefone ou nas agências físicas da Cemig não estarão isentas de juros.

Copasa

Conta de água da Copasa — Foto: Reprodução/TV Integração

Conta de água da Copasa — Foto: Reprodução/TV Integração

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) está com a campanha de negociação com condições especiais no parcelamento de débito até o dia 11 de junho.

Atualmente, os clientes beneficiários da tarifa social e da categoria comercial podem quitar débitos parceladamente sem entrada e sem a cobrança de juros e multas.

Para quem tem a tarifa social, o débito pode ser parcelado em até 24 vezes ou, se preferir, pode dividir em até 36 meses, com entrada de 5% ou o valor de uma fatura média dos últimos 12 meses (o que for menor). Durante a pandemia, a Copasa suspendeu os cortes de água desses clientes.

Já para a categoria comercial, os interessados podem fazer o pagamento em 12 vezes. As novas condições para os empresários cadastrados na categoria comercial têm o objetivo de assegurar opções de pagamentos dos débitos e permitir que os comércios que estão inadimplentes com a empresa possam regularizar a sua situação para manter ou restabelecer o fornecimento de água.

Para as demais categorias (residencial, industrial e pública), o valor da entrada é de 5% do total do débito ou a média dos últimos 12 meses, e o restante parcelado em até 24 parcelas, com juros de 0,5%.

A Copasa informa que os clientes que receberam o aviso de suspensão do abastecimento de água entre os dias 21 de março a 30 de abril deste ano têm o prazo para pagamento prorrogado até 30 de maio.

Já os clientes com fornecimento de água suspenso devem quitar as faturas e entrar em contato com a Copasa por meio da central telefônica (número 115) ou pela Agência Virtual e solicitar o restabelecimento do fornecimento de água.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale conosco?