BrasilSaúdeUltimas horas

Teste do pezinho passará a identificar até 50 doenças

O presidente Jair Bolsonaro sancionou o projeto de lei que amplia o número de doenças detectáveis no teste do pezinho realizado em recém-nascidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O teste, que atualmente identifica seis doenças, passará a identificar até 50 enfermidades e condições hereditárias que podem prejudicar o desenvolvimento das crianças se não forem identificadas nos primeiros dias de vida.

Entre as enfermidades que passarão a ser detectadas estão a atrofia muscular espinhal (AME), doenças relacionadas a imunodeficiências, hipotireoidismo congênito, anemia falciforme, fibrose cística, entre outras doenças raras. O SUS tem o prazo de um ano para implementar o teste do pezinho ampliado.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
× Fale conosco?