CidadesUltimas horasVale do Jequitinhonha

Temporal atinge Capelinha e causa estragos; choveu 163 mm em duas horas, diz Defesa Civil

Três casas e cinco muros desabaram. Enxurrada alagou ruas, invadiu casas e estabelecimentos comerciais. Em alguns pontos, água chegou a 1,5 m.

Um forte temporal atingiu Capelinha, no Vale do Jequitinhonha, na noite desta terça-feira (15). Segundo a Defesa Civil, choveu 163 milímetros em cerca de duas horas. A chuva foi considerada a pior já registrada no município.

Os tragos e prejuízos atingiram diversos bairros, especialmente o Centro.Três casas e cinco muros desabaram e diversos imóveis registraram estragos; 15 pessoas estão desabrigadas.

A enxurrada alagou as ruas, invadiu casas e comércios. Em alguns estabelecimentos, o alagamento atingiu a altura de um metro e meio.

De acordo com a Prefeitura, imediatamente depois da chuva diminuir, uma força-tarefa da Defesa Civil foi formada e começaram os trabalhos de resgate de famílias, que foram levadas para hotéis, casas de parentes e centros de apoio do município.

Na manhã desta quarta-feira (16), a Secretaria de Obras enviou para as ruas 60 trabalhadores, cino retroescavadeiras, uma pá-carregadeira, três caminhões pipa e dez caminhões caçamba. As demais secretarias municipais disponibilizaram operários e veículos.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), é alta a possibilidade de chover em Capelinha nesta quarta-feira. A previsão inicial é de 30 milímetros de chuva, a população deve permanecer em estado de alerta.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
× Fale conosco?