PoliciaTeófilo OtoniUltimas horas

Radialista e ex-candidato a prefeito de Teófilo Otoni divulga vídeo com conteúdo racista

Roque Saldanha foi candidato pelo PMB nas últimas eleições. O vídeo, segundo ele, foi feito em resposta a um ataque de fake news.

O radialista e ex-candidato a prefeito de Teófilo Otoni (MG) pelo Partido da Mulher Brasileira, PMB, Roque Saldanha divulgou um vídeo com conteúdo racista nas redes sociais (veja o vídeo acima).

No material, ele se dirige a um homem que, segundo ele, enviou uma foto dele com informações falsas a várias pessoas. Na resposta, o ex-candidato usou palavras que configuram injúria racial.

“Vou chamar ele de preto safado, macaco, está entendendo? Urubu de senzala, está entendendo? Preto seboso, king kong, kichute e óleo diesel. O tal do negro já é mal visto, aí aparece um preto desse, esse carvão, esse óleo diesel, óleo queimado, para acabar de desgraçar o que já está desgraçado. E aqui quem falou foi eu, Roque Saldanha”, disse.

Roque Saldanha, que disse morar em Governador Valadares, ainda ameaçou o homem no conteúdo do vídeo.

“Agora ele vai lá na delegacia, entrega meus áudios, vai lá no fórum e entrega meus áudios e fala que é eu, Roque Saldanha, locutor, apresentador e simples homem da roça aqui. Aí ele pega, também, os áudios dele, e ele pega o que ele escreveu no grupo e leva. Aí, meu amigo, eu garanto para você que Valadares vai ficar pequena para ele. Eu não mexo com ninguém, mas mexer comigo é fumo”, falou.

Em um vídeo enviado à Inter TV dos Vales, afiliada à Rede Globo, ele disse que não se considera racista e que a vítima de racismo seria ele.

“Na verdade, a vítima de racismo sou eu. Porque um cara, há mais de dois anos, que vem fazendo fake news pesados contra minha pessoa e falando, até mesmo, da minha mãe, ele está querendo é problema”, disse.

Além disso, ele falou no vídeo que é “preto” e descendente de “preto” e que “honra a cor”.

“Esse rapaz dessa polêmica que envolveu comigo, que está no Brasil inteiro essa fala, que eu fiz racismo e tal, tal, tal, não é bem assim não. Esse cara, de dois anos pra cá, dois anos e pouco pra cá, esse camarada vem me ofendendo nas redes sociais, fazendo vários fake news da minha pessoa e fake news pesados. Então, chegou uma hora que o bambu enfolhou mesmo (sic)”, explicou.

Em nota, a Polícia Civil disse que a vítima registrou um boletim de ocorrência na Polícia Militar como ameaça e que, para abertura de investigação, é necessária a representação da vítima.

“De acordo com o registro da ocorrência, a vítima vem sendo ameaçada pelo suspeito, de 45 anos, através de mensagens, por meio das quais também estaria sendo xingada com termos racistas”, disse a nota.

Prisão

Roque Saldanha, durante sua candidatura a vereador nas eleições de 2016, foi preso em Teófilo Otoni, após efetuar um disparo de arma de fogo. A Polícia Militar disse que ele não havia obedecido as ordens para que entregasse a arma e foi necessário o uso de técnicas para contê-lo.

Na época, a Polícia Civil informou que também havia um mandado de prisão em aberto contra ele, desde 2014, por não pagar pensão alimentícia no valor de cerca de R$ 17 mil.

Há quatro anos, um vídeo gravado por ele, dando explicações sobre a sua prisão, foi divulgado na internet. Ele disse que andar com revólver é “coisinhas simples”.

“Para mim, andar com um revólver na mão e andar com uma carabina nas costas, para mim, é normal, principalmente no mundo de hoje em que vivemos. Homem que é homem tem que andar é com revólver na cintura lotado de bala e, às vezes, com a carabina lotada de bala e nas costas”, disse.

Por Matheus Mesmer e Edson Soledade, G1 Vales de Minas Gerais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale conosco?