PandemiaPoliciaUltimas horas

Polícia Militar tem mais de 60% da tropa vacinada em 1ª dose contra a covid-19 em Minas

Corporação está na linha de enfrente do combate à pandemia

Enquanto a vacinação contra covid-19 avança, 63% do efetivo da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) recebeu a primeira dose. O balanço da imunização, feita a partir de critérios como idade e comorbidade, foi divulgado pela corporação. 

Farmacêutica da diretoria do quadro de Saúde da PMMG, a tenente Janaína Bretas revela que a aplicação de segundas doses é menor: 12%. De acordo com ela, o número se deve ao tipo da vacina utilizado na maioria do efetivo. 

“A vacinação da tropa se iniciou em abril, fase em que Minas Gerais passou a receber mais quantidade da vacina da AstraZeneca/Oxford do que a Coronavac, do Instituto Butantan.” As vacinas têm períodos distintos entre a aplicação da primeira e da segunda dose.

Enquanto o prazo da Coronavac é de três a quatro semanas, a AstraZeneca tem espaçamento de três meses. “A expectativa é que as segundas doses sejam aplicadas a partir de julho”, comenta Janaina. 

Responsabilidade do município 

Ainda conforme a tenente, é de responsabilidade dos municípios a execução do Programa Nacional de Imunização (PNI) contra covid-19. “São os municípios que recebem as vacinas do governo federal. A Polícia Militar não recebe vacina”, pondera. 

Linha de frente no enfrentamento à covid-19, a PM é responsável, além de ações de segurança pública, pela vigilância do cumprimento de medidas de distanciamento social, pelo transporte de pacientes para atendimento hospitalar e pela logística de distribuição das vacinas.

“A gente precisa garantir que temos um policial militar saudável para que a sociedade não tenha prejuízo”, completa.

Por Redação,

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale conosco?