CidadesPoliciaTeófilo OtoniUltimas horas

Polícia Civil realiza terceira fase da operação ‘Negócio Mortal’ que apura morte de Teófilo-otonense

Segundo a Polícia Civil, foi feita a reconstituição do crime com base nas versões das testemunhas e do perito.

A Polícia Civil deflagrou, nesta quinta-feira (29), a terceira fase da operação “Negócio Mortal”, em São João Evangelista. Ela investiga um crime de homicídio contra um homem, de 39 anos, desaparecido desde o dia 26 de janeiro deste ano. O suspeito, de 53 anos, está foragido.

Nesta terceira fase, foi feita a reconstituição do crime, reproduzida a partir das versões das testemunhas e registrada pelo perito criminal. Para essa ação houve o auxílio de vários policiais civis, integrantes das delegacias de Guanhães, São João Evangelista, Santa Maria do Suaçuí e Peçanha. A reconstituição também foi acompanhada pelo representante do Ministério Público e por advogados do suspeito.

De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Luiz Jardim, os trabalhos estão na fase final e que o objetivo imediato é encontrar o corpo da vítima.

“Vale destacar que o investigado ainda está foragido, sendo que existem mandados de prisão em âmbito nacional e internacional contra ele”, explicou.

Desaparecimento

De acordo com as investigações, a vítima saiu da cidade de Teófilo Otoni no dia 26 de janeiro e se hospedou em um hotel de São João Evangelista.

Na cidade, ele teria ido a uma empresa, localizada em um posto de combustível, para cobrar a entrega do certificado de registro de veículo (CRV) do veículo que adquiriu, mas durante uma briga, o suspeito teria atirado na vítima.

Por G1 Vales de Minas Gerais — São João Evangelista

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
× Fale conosco?