CidadesPoliciaUltimas horas

Polícia Civil de Malacacheta cumpriu mandado de prisão da indiciada por homicídio consumado duplamente qualificado ocorrido no natal de 2020.

POLÍCIA CIVIL DE MINAS GERAIS
15º DEPARTAMENTO DE POLÍCIA DE TEÓFILO OTONI
1ª DELEGACIA REGIONAL DE TEÓFILO OTONI
6ª DELEGACIA DE POLÍCIA CIVIL DE MALACACHETA

Nesta data, a POLÍCIA CIVIL do Estado de Minas Gerais, por meio da 6ª Delegacia de Polícia Civil de Malacacheta/MG, cumpriu mandado de prisão da indiciada por homicídio consumado duplamente qualificado ocorrido no natal de 2020.

Após o ocorrido a policia civil realizou as diligências investigatórias, envolvendo trabalhos cartorários, de campo e periciais, com a finalidade de esclarecimento dos fatos, sendo concluídas as investigações no mês de fevereiro, com o encaminhamento do inquérito policial ao Fórum de Malacacheta para o devido processo legal.

Ocorre que, após conclusões das investigações aportaram em sede policial informações sobre o intuito da indiciada de evadir do distrito da culpa, bem como, possível ameaça a testemunhas, sendo então tais informações encaminhadas ao representante do Ministério Público, o qual representou pela prisão preventiva da indiciada, sendo a referida deferida pela Poder Judiciário local.

Todavia, neste ínterim, houve diversas diligências de campo pelos investigadores, os quais nesta data, após informação do local em que a indiciada estaria escondida, com coordenação do Delegado de Polícia responsável pela Unidade Policial de Malacacheta, foi desencadeado operação de captura nesta manhã, logrando êxito na localização e captura da indiciada. Neste sentido, depois dos tramites legais, encaminhou-se a indiciada ao presídio de Teófilo Otoni, onde ela ficará acautelada, enquanto perdurar a ordem de prisão, a disposição do Poder Judiciário.

Tal ação reforça o compromisso da POLÍCIA CIVIL com investigações qualificadas, que visem à tutela de bens fundamentais da sociedade e a repreensão a comportamentos que os vulnere, sempre pautada no postulado do respeito aos direitos fundamentais. Participaram das diligências, o Delegado de Polícia Dr. Robert Salles coordenando-as, bem como, os investigadores de polícia Ermenegildo Cardoso, Adão Marcos, Celso Dias e Jean Phablo.

POLÍCIA CIVIL DE MINAS GERAIS:
MAIS PROXIMA DE VOCÊ

Instagram: @pcmg.oficial
Facebook: @pcmgoficial
Twitter: @pcmgoficial
YouTube: @pcmgoficial
www.policiacivil.mg.gov.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale conosco?