BrasilIgrejasUltimas horas

Pastor é preso na Baixada Fluminense -RJ acusado de abusar sexualmente de 10 mulheres

Magé – Policiais Civis da delegacia de Piabetá, na Baixada Fluminense, prenderam o pastor, que afirmou ser presidente da Assembleia de Deus em Duque de Caxias e Magé, Sérgio Amaral Brito, de 59 anos. Segundo as investigações, o religioso teria usado de hipnose para abusar sexualmente de pelo menos 10 mulheres. Parte das vítimas fez uma denúncia contra ele à Polícia Civil e, a partir de então, o suspeito começou a ser monitorado.

De acordo com a Vara Criminal de Magé, Sérgio Amaral atuava como psicanalista, sexólogo e terapeuta de adultos, casais e adolescentes. O mandado de prisão preventiva dele foi solicitado porque havia a informação de que o pastor planejava fugir para Brasília.

Na delegacia, Sérgio Brito não quis prestar depoimento.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale conosco?