SaúdeUltimas horas

Novo secretário de Estado de Saúde reconhece situação crítica em hospitais em Minas, mas está confiante em ‘alívio’ em duas semanas

O secretário de Estado de Saúde, o médico Fábio Baccheretti, reconhece que a situação das ocupações dos leitos de enfermaria e UTIs em hospitais do Estado é preocupante. Contudo, ele acredita que a Minas pode ter um alívio no fim do mês de abril, caso as medidas de restrição contra a covid-19 impostas pela Onda Roxa sejam seguidas.

As declarações foram dadas em entrevista ao jornalista Eduardo Costa, no programa Chamada Geral, da Rádio Itatiaia, na tarde desta sexta-feira (19).

“O maior desafio da pandemia que nós estamos vivendo agora é que todas as macroregiões estão vivendo um momento muito crítico. Nesse momento, a região macrocentro, que é a região em que estamos, onde temos os maiores hospitais e os maiores números de leitos, está com a ocupação em praticamente 100%. Geralmente, essa é a válvula de escape do Estado, absorvendo as demandas dos municípios menores. Então, esse é um diferencial que está fazendo esse momento ser ainda mais difícil”, lamenta Baccheretti.

Ainda durante a entrevista, o secretário reconheceu que a pandemia da covid-19 está afetando o psicológico de toda população. “Ninguém está aguentando mais a pandemia. Mas se for esse grande esforço nas próximas duas semanas, a gente pode vislumbrar um final de abril mais tranquilo. É importante lembrar que a vacina que já foi aplicada no grupo de risco acima de 85 anos, que já tem um prazo de imunidade, já está ocupando menos os leitos. Então, a gente percebe o sucesso da vacina”, acredita.

Zema

O governador Romeu Zema (Novo) usou as redes sociais para reforçar a necessidade de isolamento social no estado para o combate à pandemia. Zema afirmou que o momento é de extrema gravidade e que o governo está fazendo todos os esforços para ampliar o número de leitos, profissionais de saúde e insumos.

Ele ressaltou que o maior gargalo no momento é a falta de profissionais para acompanhar a velocidade da abertura de novas vagas. Por isso, fez um apelo aos mineiros para que respeitem o isolamento e mantenham os cuidados.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
× Fale conosco?