BrasilUltimas horas

Morte de bebê após choque reacende alerta sobre carregadores de celular

“Meu filho virou anjinho”, desabafou Emerson Fernando, pai do bebê

Um bebê de oito meses que vivia em Araçoiaba, Grande Recife, morreu após receber um choque elétrico ao morder o fio do carregador de celular que estava plugado na tomada. A tragédia reacende o alerta sobre os acidentes que podem surgir durante a recarga de bateria.

A Polícia Civil de Pernambuco investigará o caso. O delegado Mamedes Xavier afirmou ao UOL que outras duas crianças estavam na casa. Quando o bebê levou o choque, uma delas tocou no garoto e também recebeu parte da descarga elétrica. Um adulto que tentava lidar com a situação também levou parte do choque.

Entenda os riscos Infelizmente, não é a primeira vez que tragédias como essa acontecem. Só em 2019, 42 crianças com idades entre zero e dez anos morreram por choque elétrico, segundo dados da Abracopel (Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade).

Os riscos de choque elétrico, queimaduras, explosões e até incêndios envolvendo carregadores de celular na tomada não devem ser descartados, segundo especialistas da área, ainda que eles não sejam altos. Existem vários cuidados a ser tomados. O primeiro deles é: não use o celular ou qualquer dispositivo eletrônico enquanto eles estão ligados na tomada.

Rede elétrica da casa precisa estar em dia A rede elétrica da casa pode esconder problemas, principalmente se as estruturas forem muito antigas e não passarem por manutenção preventiva com frequência. A recomendação é sempre contar com ajuda de profissionais qualificados para fazer a checagem da rede

Cuidado com o uso de carregadores piratas Eles não são homologados pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). Por conta disso, não é possível comprovar que eles passaram por testes de resistência e de funcionamento dentro dos padrões de segurança. De acordo com os especialistas, o produto pode fornecer uma energia além da necessária. O resultado pode ser até mesmo um incêndio.

Atenção aos adaptadores de tomada Sabe aquele “jeitinho” do brasileiro resolver os problemas com criatividade? Quando o assunto é rede elétrica, é preciso cuidado redobrado. Evite usar vários aparelhos eletrônicos plugados em uma mesma tomada com ajuda de adaptadores. Superaquecimento, choque e incêndios podem ocorrer. Nada de gambiarras elétricas.

Água e eletricidade não combinam Evite usar o celular conectado na tomada durante o banho ou em algum ambiente perto de água. Além da descarga elétrica, o vapor da água quente também pode danificar o celular a longo prazo

Em 2018, a jovem atleta russa Irina Rybnikova sofreu um choque elétrico após seu iPhone cair durante o banho. O aparelho estava carregando e o contato com a água foi o responsável pelo choque fatal. A água (não pura) funciona como um ótimo condutor de eletricidade

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale conosco?