BrasilCidadesEconomiaUltimas horas

Moradores de 12 cidades de Minas vão receber cestas básicas por meio de ajuda humanitária

Companhia doará, ao todo, 29.350 cestas básicas em diversas cidades do Brasil

Ajuda chegará para pessoas carentes de várias cidades do país

Moradores Belo Horizonte, Betim, Contagem, Santa Luzia, Divinópolis, Formiga, Uberaba, Montes Claros, Araguari, Pirapora, Patrocínio e Itaúna serão beneficiados na nova fase da de ajuda humanitária da VLI (companhia de soluções logísticas que opera terminais, ferrovias e portos) durante a pandemia de covid-19.

Será destinado R$ 1,3 milhão para distribuição de cestas básicas. O auxílio chegará a 30 municípios de oito estados brasileiros. Minas é o estado com o maior número de cidades beneficiadas. São 12, no total. Ribeirão Preto, Campinas, Aguai, Guará e Cubatão, em São Paulo; Cachoeira, São Félix, Simões Filho e Alagoinhas, na Bahia; Imperatriz, Davinópolis, Porto Franco, Estreito e São Francisco do Brejão, no Maranhão; Palmeirante, no Tocantins; Catalão, em Goiás; Barra Mansa, no Rio de Janeiro; e Barra dos Coqueiros, em Sergipe, são as outras cidades atendidas.

 Ao todo, a companhia doará 29.350 cestas básicas. A entrega será feita por meio de parcerias com instituições comunitárias, durante três meses. O prazo é para que as ONGs recebam o material, organizem cadastros e façam a entrega às pessoas necessitadas, sem geração de aglomerações. A aquisição dos insumos das cestas básicas se dará, sempre que possível, junto a estabelecimentos comerciais de pequeno porte, como forma de estimular a geração de renda nessas regiões.

“A VLI transporta anualmente milhões de toneladas de commodities que ajudam a alimentar pessoas em todo o planeta. É, portanto, simbólico para todo o nosso time contribuir no combate à fome no país neste momento. Essa é mais uma ação que demonstra o forte elo que a VLI mantém com o Brasil e com as comunidades por onde passamos”, afirma Ernesto Pousada, presidente da VLI.  

A primeira fase da ajuda humanitária da VLI voltada para o enfrentamento da pandemia ocorreu a partir de março de 2020, quando a empresa destinou R$ 7 milhões para auxiliar 26 cidades dos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Maranhão, Tocantins e Bahia.
 

Por Redação 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale conosco?