CidadesPoliciaUltimas horas

Medina: Laudo do IML revela que jovem foi enterrada viva

O exame de necropsia realizado no corpo de Joana Darc Sena pelo legista Arquimedes Rangel do IML de Pedra Azul, a qual foi encontrada morta essa semana inumada em cova rasa numa residencia abandonada em zona urbana da cidade determinou algo que provavelmente chocou a população medinense.

A vitima foi enterrada viva, após ser violentamente agredida por instrumento contundente (socos?) na região do rosto.

Ainda segundo o exame não houve lesões violentas (tipo facada, tiro, paulada) em demais partes do corpo.

O cadaver apresentava mais de 72 horas de morte o que prejudicou inicialmente o exame, porém a experiência da equipe do IML após minuciosa pesquisa conseguiu concluir que a causa da morte foi em decorrência de asfixia por soterramento.

Provavelmente a jovem estaria desacordada, com muitas lesoes no rosto e seus algozes acharam que ela ja estaria morta.

O delegado da comarca, Dr. Thiago Carvalho e equipe continuam nas investigaçoes e pede aos moradores de Medina que souberem de alguma informação que leve a localização dos demais autores (já tem um preso) que denunciem através do 181, 190, ou 3337531110.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
× Fale conosco?