CidadesPoliciaUltimas horas

Investigados por duplo feminicídio são presos em Salinas e Almenara

Segundo a Polícia Civil as vítimas eram primas e foram mortas a tiros.

Cinco pessoas foram presas em Salinas e Almenara em decorrência de uma investigação que apura um duplo feminicídio. As vítimas eram primas e foram assassinadas a tiros.

“As vítimas são duas mulheres que foram encontradas mortas, elas tinham grau de parentesco entre si e com os suspeitos. Inclusive, um deles era filho de uma delas”, divulgou a Polícia Civil.

A apuração está sob responsabilidade da delegada Danielle Araújo, de Almenara, onde os crimes ocorreram. O cumprimento das prisões teve apoio do delegado José Eduardo Santos, de Salinas, onde quatro dos suspeitos foram encontrados.

“Os fatos se deram, em tese, dentro de uma comunidade cigana, e a motivação, a princípio, seria passional”, complementou a PCMG.

De acordo com as informações levantadas pela Polícia Civil, nos costumes do grupo, a mulher fica proibida de se envolver om outro homem após a morte do marido. Porém, uma das vítimas estava relacionando com outra pessoa, com a ajuda da prima. Os investigados descobriram e mataram as duas.

“No decorrer do cumprimento dos mandados um deles apresentou documentos falsos, e ainda, tentou subornar os policiais. Foi instaurado Inquérito Policial para a apuração do crime de corrupção ativa e uso de documento falso.”

Os detidos permanecem em presídios de Salinas e Almenara.

Por g1 Grande Minas

18/12/2021 13h00  Atualizado há uma hora

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
× Fale conosco?