CidadesGovernador valadaresUltimas horas

Incêndio atinge fábrica de móveis e depósitos em Governador Valadares

A Defesa Civil da cidade foi acionada para avaliar danos estruturais: 20 mil litros de água foram usados para combater as chamas

As chamas iniciaram pela manhã e foram controladas apenas durante a tarde

Um incêndio deixou a estrutura de uma fábrica de móveis e de dois depósitos, um deles de rações e outro de tambores com óleo, totalmente comprometida após ser consumida pelas chamas em Governador Valadares, no Leste de Minas Gerais, nesta terça-feira (24). O fogo começou pela manhã e foi controlado durante a tarde. 

O fogo ainda atingiu parte de uma fábrica de calhas que fica ao lado das empresas. O capitão Marconi Gomes, do Corpo de Bombeiros, disse que a suspeita é de que o incêndio tenha se iniciado nos tambores que ficam no pátio de uma das empresas. Segundo ele, quando os militares chegaram, o fogo já estava alastrado e foi necessário abrir duas frentes de trabalho para combater as chamas.

“Temos um risco estrutural na parte interior com peças do telhado que foram atingidas pelas chamas. A Defesa Civil está no local, a gente está trabalhando com a segurança das guarnições e da população que está no entorno”,

Além dos dois caminhões dos bombeiros, ao menos três caminhões-pipa foram acionados. “Nós precisamos ainda mensurar isso de uma forma melhor porque vários carros de apoio foram acionados, mas nós devemos ter gasto em torno de 20 mil litros de água”, acrescentou o capitão Marconi Gomes. 

Parte do telhado do depósito de rações cedeu durante o incêndio. No momento que os bombeiros combatiam as chamas, foi possível ouvir algumas explosões de tambores de óleo em uma das empresas. As chamas eram altas e havia muita fumaça escura. A rua Israel Pinheiro, no bairro Universitários, foi interditada. 

Empresário salvou amigo 

O empresário Adelsinío Simínio mora próximo ao local do incêndio e ajudou a salvar um amigo que trabalhava na fábrica de móveis. “Eu moro há um quarteirão do incêndio, eu saí no meu portão, vi o foco da fumaça e vim ver onde que era. O meu amigo, em desespero, querendo retirar alguns itens de material de trabalho e eu fui ajudar ele. Mas, o fogo veio rapidamente, alastrando na loja”, contou. 

O diretor de Defesa Civil de Governador Valadares, major Adelson Ferreira, disse que os danos nos imóveis atingidos pelas chamas poderão resultar na demolição das estruturas. “Atingiu toda a estrutura desse imóvel, são várias lojas. A tendência aqui, o que há de ser feito, é interditar toda a área atingida. A gente acredita que, pelos danos causados pelo incêndio, deverá ser feita a demolição da área atingida”.

As causas do incêndio ainda serão investigadas. Segundo os bombeiros, não houve registro de feridos até o fechamento desta reportagem. 

Por Sávio Scarabelli

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
× Fale conosco?