CidadesPoliciaUltimas horas

Falso curandeiro é preso durante operação da Polícia Civil em Materlândia

Segundo as investigações, ele ligava para as vítimas e informava que existia uma ‘mandinga’ atrapalhando a vida delas.

A Polícia Civil de Sabinópolis cumpriu um mandado de prisão contra um homem, de 42 anos, suspeito de ser um falso curandeiro, com a prática de crime de violação sexual mediante fraude.

De acordo com as investigações, ele usava o nome de “Joaquim de Amapé” para aplicar o golpe nas vítimas, em Materlândia. Por meio desse personagem fictício e modificando a própria voz, o homem ligava para as vítimas e informava que existia uma espécie de “mandinga” atrapalhando a vida delas.

Para que elas se livrassem dessa situação, ele dizia que precisavam cumprir com algumas coisas, inclusive relações sexuais. Caso contrário, iriam sofrer um mal maior, podendo ser a própria morte ou de alguém da família.

Segundo a polícia, como as vítimas eram pessoas conhecidas dele, acabavam acreditando em uma espécie de poder mediúnico do suposto curandeiro.

Se condenado pelo crime de violação sexual mediante fraude, o homem pode cumprir uma pena de dois a seis anos de reclusão.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale conosco?