CidadesPandemiaSaúdeVale Do Mucuri

Ex-prefeito de Catuji é acusado de “sumir” com 20 doses de coronavac

A acusação foi feita por funcionários da SMS de Catuji e foram descritas no Boletim de Ocorrências da Polícia Militar. Ex-prefeito Fuvio Luziano nega os fatos

O ex-prefeito de Catuji, Fuvio Luziano Serafim (PR), está sendo acusado por funcionários da Secretaria Municipal de Saúde de Catuji (SMS), no Vale do Mucuri, de “sumir” com 20 doses da vacina coronavac da sala de armazenamento de vacinas da SMS, localizada no Posto de Saúde central.
O caso foi considerado gravíssimo pelo vereador Anax Batista Ferreira (PDT), que disse ter apoio da Câmara Municipal de Catuji para pedir uma investigação rigorosa do caso. “Nós vamos denunciar tudo, na Polícia Civil e na Polícia Federal”, disse o vereador

Nesta segunda-feira (15/3), o sumiço das vacinas foi discutido na Câmara Municipal de Catuji, com presença da prefeita do município, Maria Jose de Oliveira (DEM). Um grupo de vereadores pediu providências enérgicas do município para apurar o caso.

A acusação contra o ex-prefeito Fuvio está relatada no Boletim de Ocorrências, redigido pela Polícia Militar de Catuji e encaminhado à 7ª Delegacia de Polícia Civil de Novo Cruzeiro. No relato, uma enfermeira afirma que flagrou o ex-prefeito dentro da sala onde fica a rede de frios que armazena as vacinas, segurando uma caixa de vacinas coronavac.
enfermeira disse que denunciou o fato ao coordenador do Núcleo Imunológico do município de Catuji, Alex Oliveira Soares, que ligou o fato narrado pela enfermeira com outro, que envolveu o ex-prefeito no dia anterior, quinta-feira (11/3).
Alex contou aos policiais que no fim do expediente administrativo de quinta-feira, ele fez o levantamento da quantidade de vacinas aplicadas e restantes, juntamente com as funcionárias da saúde, e contabilizou 220 (duzentas e vinte) doses em frascos lacrados. 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale conosco?