BrasilCidadesEconomiaUltimas horas

Empresas de ônibus pedem que governo federal arque com gratuidade de idosos

Setor relata preocupação para manter os gastos com a folha salarial e quebradeira

A Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos quer que o governo federal assuma os custos da gratuidade para idosos em coletivos que circulam nas cidades brasileiras. A informação foi passada à Itatiaia pelo diretor administrativo e institucional da entidade, Marcos Bicalho.

De acordo com ele, o setor também quer, a longo prazo, outras fontes de financiamento, além do pago pelos usuários. As empresas de ônibus de transporte coletivo também reafirmaram que a pandemia de covid-19 agravou a crise. Os prejuízos no Brasil chegam a R$ 14,2 bilhões — em Belo Horizonte somam R$ 500 milhões.

Algumas empresas temem não conseguir pagar o 13º salário dos funcionários, admite Bicalho. Quebrar é outra preocupação. Também há risco de faltar dinheiro para colocar combustível nos veículos.

“No longo prazo pretendemos que outras fontes extra-tarifárias sejam agregadas ao serviço de forma que possamos ter uma tarifa pública cobrada aos usuários separada de uma tarifa de remuneração dos operadores. Isso permitirá um serviço de melhor qualidade e tarifa pública num nível que o usuário possa pagar”, diz Marcos Bicalho.

Por Com informações de Edilene Lopes

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale conosco?