Belo HorizonteCidadesPoliciaTeófilo OtoniUltimas horas

Empresária de Teófilo Otoni é presa em BH suspeita de receptação de notebooks furtados

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu, nessa segunda-feira (17/5), um homem, de 38 anos, e uma mulher, de 36, no bairro Paraíso, em Belo Horizonte. Levantamentos apontam que o suspeito, morador do bairro Serra, capital, seria o líder de um grupo criminoso envolvido no furto de notebooks, e a mulher, empresária em Teófilo Otoni, região do Jequitinhonha/Mucuri, uma das principais receptadoras desses equipamentos. Durante a ação policial, ainda foram recuperados 18 notebooks.

Os suspeitos foram identificados durante investigações sobre arrombamentos e furtos em veículos nos bairros Buritis e Estoril. Conforme apurado, os criminosos agiam quebrando o vidro de carros estacionados em via pública para furtar notebooks e outros equipamentos que estivessem dentro dos veículos. A prisão da dupla ocorreu após a identificação da empresária, a qual possui duas lojas especializadas em equipamentos de uma marca norte-americana. A mulher foi flagrada na capital mineira, onde fazia a compra dos produtos furtados, no momento em que a transação estava sendo efetivada. Por meio de monitoramento dessa suspeita, os policiais civis interceptaram dois veículos, onde estavam diversos notebooks.

O delegado regional Rômulo Dias ressalta que a organização criminosa, tanto liderança quanto a parte operacional, já foi identificada. “Conseguimos apurar que houve a prática de, mais ou menos, 50 casos, de janeiro até este mês. Durante as investigações, conseguimos, inclusive, as imagens da atuação dos grupos”, conta.

A polícia já iniciou os levantamentos para identificação dos proprietários dos notebooks recuperados para a posterior restituição dos bens. As investigações foram conduzidas pela 4ª Delegacia de Polícia Civil Barreiro.

(Fonte e foto: Polícia Civil)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
× Fale conosco?