Em jogo morno, Atlético cria pouco diante do Inter e perde a segunda seguida no Brasileirão

 Em jogo morno, Atlético cria pouco diante do Inter e perde a segunda seguida no Brasileirão

Por Rômulo Ávila

No duelo dos técnicos argentinos Eduardo Coudet e Jorge Sampaoli, o Internacional bateu o Atlético por 1 a 0, na noite deste sábado, no Beira-Rio, em Porto Alegre, e assumiu a liderança provisória do Campeonato Brasileiro, com 12 pontos. Thiago Galhardo marcou o gol do Colorado. 

O duelo, válido pela quinta rodada, não correspondeu às expectativas criadas em razão dos treinadores e do futebol apresentado pelos dois times neste começo de Brasileirão. No lado do Atlético, faltou criação e objetividade, especialmente na primeira etapa. Com várias mudanças no segundo tempo, o Galo melhorou, chegou a pressionar, mas não conseguiu superar a defesa colorada.

Melhor para Eduardo Coudet, que vê seu time abrir três pontos de vantagem para o Atlético, estacionado com nove, e que deve perder a terceira posição no fechamento da rodada. Essa foi a segunda derrota seguida do Galo no Brasileirão como visitante (perdeu para o Botafogo no Rio).  

O Atlético dará um tempo no Brasileiro em razão da primeira partida da final do Campeonato Mineiro, contra o Tombense, na próxima quarta-feira (26), no estádio Independência. Pelo Brasileiro, o próximo duelo do Galo será contra o São Paulo, dia 3 de setembro, no Gigante da Pampulha. Já o Inter visita o Botafogo, sábado que vem. 

O jogo 

Atlético e Inter fizeram um primeiro fraco e com poucas jogadas ofensivas, especialmente por parte do alvinegro. Prova disso é que os goleiros quase não foram exigidos. Muito pouco para duas equipes que brigam pelas primeiras posições do Brasileirão e são apontadas como candidatas ao título.

Mesmo com três zagueiros, o Atlético tomou um gol logo aos sete minutos em uma falha coletiva do sistema defensivo, que ficou em linha e viu Thiago Galhardo infiltrar, receber livre e tocar rasteiro na saída de Rafael.

O gol no começo fez o Atlético sair mais para o jogo. O Galo tinha mais posse de bola, mas pecava na criação e não conseguia ameaçar o Colorado. Tanto que o goleiro Marcelo Lomba fez apenas duas defesas em todo primeiro tempo. 

Mudanças 

Em razão da baixa produtividade ofensiva na etapa inicial, Sampaoli fez duas alterações no intervalo: Eduardo Sasha no lugar de Jair e Marquinhos no posto de Marrony. As mudanças surtiram efeito e o Atlético passou a atacar mais. Com 10 minutos do segundo tempo, já tinha criado mais do que em toda primeira etapa. 

Apesar do domínio alvinegro, o Inter se defendia bem e ainda encontrava espaço para sair no contra-ataque. O Atlético teve chance real de empatar aos 24 minutos. Marquinhos fez boa jogada pela esquerda e cruzou. Hyoran bateu e o zagueiro colorado tira em cima da linha. Na volta, Sasha chutou pela linha de fundo. Nesse momento da partida, o Atlético já tinha abandonado o esquema com três zagueiros.

O Inter conseguiu controlar as investidas do Atlético e terminou o jogo sem sustos, garantindo o placar magro que valeu a ponta da classificação. 

Ficha técnica 

Internacional 1  x 0  Atlético 

Internacional: Marcelo Lomba; Saravia, Zé Gabriel, Víctor Cuesta e Moisés; Rodrigo Lindoso, Edenilson, Boschilia (D’Alessandro) e Patrick (Rodrigo Moledo); Marcos Guilherme (Musto) e Thiago Galhardo (Peglow). Técnico: Eduardo Coudet

Atlético: Rafael; Réver, Igor Rabello (Alan Franco) e Júnior Alonso; Mariano, Jair (Eduardo Sasha), Allan, Hyoran (Bruno Silva) e Guilherme Arana, Keno (Savarino) e Marrony (Marquinhos). Técnico: Jorge Sampaoli. 

Gol: Thiago Galhardo, aos 7 minutos do primeiro tempo

Cartões amarelos: Marcos Guilherme (Internacional);  Jair (Atlético)  

Motivo: 5ª rodada do Campeonato Brasileiro

Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Data: sábado, 22 de agosto de 2020, às 19h (de Brasília)

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (Fifa)

Assistentes: Daniel Luis Marques e Evandro de Melo Lima

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?