CidadesEconomiaUltimas horas

Consumidores reclamam de nova taxa na conta de luz: ‘agora é banho frio’

Energia vai ficar mais cara com empréstimo de R$ 10,5 bi concedido a distribuidoras

Os consumidores vão arcar com uma nova taxa extra na conta de luz a partir do ano que vem. A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou na terça-feira (15) um empréstimo de R$ 10,5 bilhões para distribuidoras de energia para diluir impactos financeiros da crise hídrica de 2021. 

Itatiaia foi às ruas para ouvir a população descontente com a decisão. Maria Aparecida Barbosa, vendedora de 62 anos, reclama do novo aumento. 

“Não estava sabendo (do novo aumento). Falavam que é porque não tinha água. Agora tem tanta água (de chuva). Lá em casa vinha mais de R$ 200, mas agora passamos o chuveiro pro frio, não usamos mais chuveiro quente. Isso para sobrar pra gente comprar comida”. 

Débora Barbosa da Silva, 37, está sem emprego e está descontente com o novo aumento. “A conta de luz aumenta duas vezes por ano e essa taxa cobrada a mais por causa de empréstimo? A gente não tem nada a ver com isso. 
O promotor de vendas Deivison Eufrásio tem gastado R$ 180 por mês com a conta de luz. “Eu não sei por que cobram tanto. Falam que é por falta de chuva, todo mês uma taxa diferente. Fica um sentimento de indignação. É luz, mercado, gás, gasolina, tudo sobe”.

Por Cléver Ribeiro | 16/03/2022 às 14:27

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
× Fale conosco?