EsporteUltimas horas

Cerro x Atlético: escalações, desfalques e como acompanhar ao vivo pela Libertadores

Galo busca confirmar a liderança da chave e pode assumir 1º lugar geral da fase de grupos

Avaliando a parte física dos atletas devido à maratona de jogos, Cuca ainda tem dúvidas na escalação

Já classificado para as oitavas de final da Copa Libertadores, o Atlético entra em campo nesta quarta-feira, às 21h (horário de Brasília), para enfrentar o Cerro Porteño-PAR, no estádio La Olla Azulgrana, em Assunção, no Paraguai, pela quinta rodada do Grupo H. Agora, o Galo busca confirmar o primeiro lugar da chave.

Acompanhe, a partir das 20h45, a Jornada Esportiva da Itatiaia. Narração de Mário Henrique, comentários de Leo Figueiredo e reportagens de Cláudio Rezende e Álvaro Damião. O plantão será de Fabrício Calazans e a ancoragem de João Vitor Cirilo.

Com dez pontos, o Atlético garante a liderança em caso de vitória sobre o Cerro, segundo colocado, com sete. Faltando duas rodadas para o fim da fase de grupos, o time paraguaio ainda não tem a classificação assegurada e precisa do resultado positivo. O Deportivo La Guaira-VEN é o terceiro no grupo, com três pontos, enquanto o América de Cali-COL, ainda com chances de avançar, é o lanterna com um.

Se vencer, além da liderança da chave, o Galo, que tem a segunda melhor campanha da fase de grupos da Libertadores, poderá assumir o primeiro lugar geral. Isso porque, em caso de vitória sobre o Cerro, o Atlético chegaria aos 13 pontos e ultrapassaria o Palmeiras, que utilizou os reservas nessa terça-feira (18), perdeu por 4 a 3 para o Defensa y Justicia-ARG, no Allianz Parque, e parou nos 12 pontos.

No entanto, além de vencer os paraguaios, o time alvinegro precisaria ainda torcer para que o Flamengo, que também possui 10 pontos em quatro jogos no Grupo G, não tire a diferença no saldo de gols (atualmente 7 contra 5 a favor do Galo) no confronto contra a LDU, no Maracanã, também nesta quarta, às 21h.

Jogadores do cerro protestam contra salários atrasados

Sem receber salários, os jogadores do Cerro Porteño decidiram não se concentrarem para a partida contra o Atlético. A informação foi divulgada nas redes sociais pelo meio-campista Mathías Villasanti. 

“Devido ao débito financeiro de vários meses que o clube mantém com todo o elenco, decidimos, juntos, não nos concentrar antes da partida da Copa Libertadores contra o Atlético Mineiro. Cumpre esclarecer que esta medida não vai condicionar, em nada, o esforço e o empenho que teremos ao jogar esta partida, assim como temos feito desde o início do ano. Esperamos e confiamos em uma solução rápida para esta situação”, postou Villasanti.

De acordo com o jornalista Nicolás Ledesma, da rádio Lá Union, os salários estão atrasados desde fevereiro e os jogadores do Cerro estão cansados das promessas da diretoria. Primeiro foi dito aos atletas que o pagamento seria feito após o clássico contra o Olimpia, pelo Campeonato Paraguaio. O time venceu, mas o dinheiro não pingou na conta.

Ainda segundo Nicolás Ledesma, a diretoria do clube paraguaio firmou um novo compromisso para quitar os vencimentos após a partida contra o Deportivo La Guaira, na Venezuela, semana passada, pela Libertadores. O Cerro venceu de novo, mas os salários não foram pagos. A última promessa da direção era depositar o dinheiro para os jogadores nesta terça-feira, véspera do duelo contra o Atlético. Mas, novamente, nada aconteceu.

Cuca tem dúvidas na escalação do Atlético 

Monitorando a parte física dos atletas devido à maratona de jogos, o técnico Cuca ainda estuda a formação ideal para entrar em campo.

Sem o atacante Savarino, que não viajou com a delegação ao Paraguai por questões particulares, Cuca terá que buscar um substituto para o venezuelano no lado direito do ataque. Diego Tardelli, Savinho, Vargas e Sasha são opções, apesar de que os dois últimos tenham atuado centralizado nas vezes em que entraram.

Há também a possibilidade de Cuca repetir, mas no lado direito, o que fez na esquerda contra o América na primeira partida da final do Campeonato Mineiro, no último domingo (16). Assim, Mariano entraria na lateral, enquanto Guga seria adiantado para a ponta direita.

Poupados contra o América, o volante Jair e o atacante Keno devem voltar à equipe. Recuperado de lesão no tornozelo e liberado para os treinos no último sábado (15), o meio-campista Matías Zaracho pode ser opção para começar a partida ou ficar no banco.

Por outro lado, Cuca também pensa em poupar alguns jogadores mais desgastados de olho no confronto de volta da final do Mineiro contra o América, no próximo sábado, às 16h30, no Mineirão.

Cerro Porteño x Atlético

Cerro Porteño: Jean; Espinola, Juan Patiño, Alexis Duarte e Arzamendia; Lucena, Villasanti, Mateus Gonçalves (Enzo Giménez) e Claudio Aquino; Boselli e Morales (Carrizo). Técnico: Francisco Arce

Atlético: Everson; Guga, Igor Rabello, Junior Alonso e Guilherme Arana; Jair, Tchê Tchê e Nacho Fernández; Keno, Vargas (Tardelli ou Sasha) e Hulk. Técnico: Cuca

Motivo: 5ª rodada – Grupo H da Copa Libertadores
Data: 19 de maio de 2021, quarta-feira, às 21h
Local: Estádio La Olla Azulgrana, em Assunção (Paraguai)

Árbitro: Esteban Ostojich (URU)
Auxiliares: Carlos Barreiro (URU) e Andres Nievas (URU)

Por Fábio Rocha

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale conosco?