Belo HorizonteBelo HorizonteBrasilCidadesPandemiaSaúdeUltimas horas

BH tem 18 casos da varíola dos macacos: Secretaria de Saúde confirma transmissão comunitária

Do total de casos, três pacientes não têm histórico de viagem a cidades ou países com confirmações da doença

Belo Horizonte confirmou que a varíola dos macacos já é transmitida de forma comunitária na cidade. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, são 18 casos confirmados de Monkeypox no município, dos quais três pacientes não têm histórico de viagem a locais com casos confirmados da doença.

Ainda segundo a pasta, todos os infectados são do sexo masculino, com idades entre 22 e 38 anos, e estão em boas condições clínicas. Os 15 pacientes que não se incluem na transmissão comunitária têm histórico de viagem para São Paulo, Rio de Janeiro ou algum país com transmissão comprovada.

Entretanto, a Secretaria não registra casos de internação hospitalar no momento, e está em constante monitoramento dos casos notificados e confirmados.

Sintomas

Febre, dor de cabeça, dores musculares, linfonodos inchados, calafrios e exaustão são os sintomas iniciais da doença. Além disso, podem surgir lesões na pele semelhantes à catapora ou sífilis, que se desenvolvem no rosto e depois se espalham pelo corpo.

O contágio ocorre, geralmente, por meio de gotículas expelidas por uma pessoa ou animal infectado. O contato com materiais contaminados também pode ser uma forma de contágio.

O período de incubação da doença ocorre, na maioria das vezes, entre seis e 13 dias, no entanto, também pode variar entre cinco e 21 dias. Por isso, o período de isolamento deve ser de 21 dias.

Por Patrícia MarquesLucas Sanches

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
× Fale conosco?