EsporteUltimas horas

Atlético domina Patrocinense no Horto e mantém 100% no Mineiro

Galo vence por 3 a 1 e segue na liderança do Estadual

Ainda sem o técnico Cuca e os jogadores titulares na temporada passada, o Atlético manteve 100% de aproveitamento no Campeonato Mineiro. Comandado pelo auxiliar Lucas Gonçalves, o Galo mostrou futebol bastante ofensivo, dominou o Patrocinense e triunfou por 3 a 1, neste sábado, no Independência, em duelo pela quarta rodada do Estadual. Os gols alvinegros foram marcados por Igor RabelloEduardo Vargas, que retornou de período de descanso, e MarronyAlisson fez para a equipe de Patrocínio, mandante da partida em Belo Horizonte. 
Com o resultado, o Atlético segue na liderança do Mineiro, com 12 pontos. O América pode igualar a pontuação do Galo, que leva vantagem no saldo de gols: 10 a 3. O Coelho joga neste sábado, às 21h, contra a Caldense, também no Independência. O Patrocinense fica em oitavo lugar, com quatro pontos. 
Na próxima rodada do Estadual, o Atlético enfrenta o Coimbra. A partida está marcada para a próxima sexta-feira, às 21h30, no Mineirão. No domingo que vem, às 18h, o Patrocinense encara o Tombense

O primeiro tempo teve amplo domínio do Atlético. A equipe trabalhou as jogadas ofensivas com tranquilidade e criou boas oportunidades de gol. O primeiro lance de perigo foi logo aos cinco minutos, em tabela entre Vargas e Dylan Borrero. O chileno escorou de peito, recebeu de volta do colombiano e bateu cruzado, mas Thiago Passos espalmou para escanteio. O Patrocinense respondeu em chute de Íkaro, da entrada da área. Rafael defendeu no meio do gol. 
Na sequência da etapa, o Galo não deu mais chances ao adversário e aumentou o ritmo. O Alvinegro explorou bem as beiradas de campo e assustou com Hulk, que avançou pela direita, cortou para dentro e soltou a bomba. Thiago Passos espalmou. Aos 19 minutos, Hulk e Vargas avançaram em velocidade, tabelaram e invadiram a área. O camisa 7 foi travado no momento da finalização, mas a sobra ficou com o chileno, que bateu sem ângulo, cruzado, e mandou perto da trave esquerda. 
A pressão atleticana deu resultado. Aos 27 minutos, em cobrança de falta, Calebe levantou a bola para a área, Gabriel subiu na segunda trave, escorou para o meio, e Igor Rabello completou de cabeça: 1 a 0. Calebe voltou a ameaçar em batida de falta direta para o gol e em escanteio para Gabriel. O zagueiro cabeceou para baixo e obrigou Thiago Passos a fazer boa defesa com os pés. 
O segundo tempo começou com chuva de gols. Logo no primeiro minuto, Marrony aproveitou saída errada do zagueiro Alisson e tocou para Vargas. O camisa 10 entrou na área, bateu rasteiro e ampliou para o Atlético: 2 a 0. O Patrocinense descontou dois minutos depois, com Alisson, de cabeça, após levantamento para a área: 2 a 1. Aos nove minutos, o Galo voltou a aumentar a vantagem em outra boa chegada ofensiva. Marrony recebeu de Calebe e, da entrada da área, chutou cruzado e acertou o cantinho direito de Thiago Passos: 3 a 1
Depois do terceiro gol, o Atlético diminuiu o ritmo e deixou a partida mais cadenciada. No decorrer da etapa, Lucas Gonçalves aproveitou para dar oportunidade aos garotos Neto, Sávio, Felipe Felício e Echaporã. A situação atleticana ficou ainda mais tranquila com a expulsão de Diego Luís, por falta em Dylan Borrero, aos 39 minutos. Nos instantes finais, o lateral-esquerdo Dodô driblou Jeam na área e tentou belo toque por cobertura. A bola passou raspando o travessão. Na última oportunidade alvinegra na partida, Dodô, novamente, bateu falta, mas o goleiro Thiago Passos fez outra boa defesa.  
PATROCINENSE 1 X 3 ATLÉTICOPatrocinense: Thiago Passos; Ferrugem, Alisson, Breno Cézar e Caíque (Matheus, 42’1ºT); Éverton, Íkaro (Gilberto Carrara (36’2ºT) e Fernando (Diego Luís, intervalo); Cesinha (Alexander (39’1°T); Jeam e Wallace (Jefferson, intervalo). Técnico: Thiago Oliveira. 
Atlético: Rafael; Mariano, Igor Rabello, Gabriel e Dodô; Dylan Borrero, Zaracho e Calebe (Neto, 22’2ºT); Hulk (Sávio, 29’2ºT), Marrony (Echaporã, 42’2ºT) e Vargas (Felipe Felício (29’2ºT). Técnico: Lucas Gonçalves. 

Motivo: quarta rodada da fase classificatória do Campeonato MineiroLocal: Independência, em Belo HorizonteData: sábado, 13 de março de 2021Gols: Igor Rabello, aos 27 minutos do primeiro tempo, Vargas, a 1 minuto do segundo tempo e Marrony, aos 9 minutos do segundo tempo (Atlético); Patrocinense: Alisson, aos 3 minutos do segundo tempo. 

Cartões amarelos: Caíque, Breno Cezar, Diego Luís, Gilberto Carcará  (Patrocinense); Igor Rabello e Marrony (Atlético)
Cartão vermelho: Diego Luís (Patrocinense)
Árbitro: Igor Júnio Benevenuto de Oliveira Assistentes: Marcus Vinícius Gomes e Samuel Henrique Soares Silva Quarto árbitro: Gabriel Murta Barbosa Maciel

 José Cândido Junior /Superesportes

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
× Fale conosco?