CidadesPolicia

Assalto a motorista de aplicativo termina com suspeito morto e outro gravemente ferido em BH

Um criminoso morreu e outro ficou gravemente ferido após assalto a um motorista de aplicativo iniciado no bairro Tupi, região Norte de Belo Horizonte, na madrugada desta sexta-feira.

De acordo com a Polícia Militar (PM), o trabalhador recebeu o chamado para a rua Alfeu de Carvalho, onde dois jovens embarcaram com destino ao bairro Vista do Sol. No entanto, um passageiro pediu para o motorista passar antes na casa dele, que fica próxima ao local de embarque. No endereço, a dupla informou que estava sem dinheiro e perguntou se podia acertar o pagamento no bairro Vista do Sol. 

O motorista não aceitou e sugeriu que a corrida fosse encerrada. Os suspeitos então pediram para que ele voltasse para a rua Alfeu de Carvalho. No local,  um dos passageiros anunciou o assalto e deu um mata-leão no trabalhador. Com uma faca, a dupla tentou colocar o motorista no porta-malas, houve luta corporal e a vítima foi golpeada de raspão na costela. 

A dupla conseguiu fugir com o carro, mas a PM foi acionada e localizou o veículo por meio do celular do motorista, levado pelos criminosos. O carro estava na rua Padre Pedro Pinto, em Venda Nova. Foi iniciada uma perseguição cinematográfica que parou somente quando os criminosos entraram no bairro Santa Fé. Como estava a mais de 100km por hora, o suspeito perdeu o controle da direção e bateu em um muro.

Com o impacto, um suspeito, de 16 anos, foi arremessado para fora do carro e morreu na hora. Ele já foi apreendido por outros crimes. O comparsa dele foi encaminhado para o Pronto-Socorro João XXIII em estado gravíssimo, com várias fraturas. 

O Logan foi completamente destruído. De acordo com a vítima, o carro é alugado e ele acredita ser segurado.

Texto atualizado às 8h10 para correção de informações iniciais 

*Com informações de Oswaldo Diniz 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
× Fale conosco?