CidadesPoliciaUltimas horas

Capelinha: PCMG identifica responsável por falsa loja em rede social

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu as investigações acerca de um perfil falso que vendia roupas, mas não as entregava, por meio de uma rede social. Uma adolescente, de 17 anos, residente em Capelinha, na região do Jequitinhonha, seria suspeita de ato infracional análogo ao crime de estelionato, praticado pela internet.

A adolescente foi identificada e qualificada após trabalhos investigativos realizados pela Agência de Inteligência da 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil em Capelinha. Segundo apurado, a falsa loja virtual era divulgada em outros perfis na rede social, com número expressivo de seguidores, para dar credibilidade à venda e alcançar uma quantidade maior de vítimas.

Após as pessoas interessadas realizarem o pagamento, elas eram bloqueadas e não recebiam as mercadorias adquiridas. Durante as investigações, foram identificadas vítimas dos estados de Pernambuco, Pará e Mato Grosso do Sul.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
× Fale conosco?