EsporteUltimas horas

Atlético erra muito, perde para o Vasco e vê título brasileiro mais longe

Galo perdeu pênalti com Hyoran, cometeu diversos erros defensivos e acabou derrotado por 3 a 2 em São Januário

Em uma noite pavorosa do sistema defensivo e repleta de erros de toda a equipe, o Atlético foi derrotado pelo Vasco, por 3 a 2, na noite deste sábado, em São Januário. A equipe alvinegra perdeu a chance de manter a perseguição aos líderes do Campeonato Brasileiro com mais um resultado negativo como visitante. 

O nome do jogo foi o centroavante vascaíno Germán Cano, autor de dois gols. Yago Pikachu também marcou. Todos os lances saíram em erros defensivos do Galo, que descontou com Hyoran Eduardo Sasha.
O jogo poderia ter sido bem diferente. Hyoran, logo aos 14 minutos, cobrou pênalti na trave. Depois do lance, a equipe se desconcentrou e cometeu erros bobos que culminaram em gols do time vascaíno. Guilherme Arana, destaque da equipe, esteve envolvido negativamente em todos os lances.
Com a derrota, o Atlético permanece com 54 pontos, cinco a menos que o líder Internacional, que jogará neste domingo, contra o Grêmio. Já o Vasco deixou a zona de rebaixamento e assumiu o 14° lugar, com 35 pontos.

O Galo volta a campo na próxima terça-feira, quando recebe o Santos, às 20h, no Mineirão. 

O jogo

O Atlético foi escalado com novidades para o confronto contra o Vasco. Na defesa, Gabriel formou dupla com Junior Alonso. No meio-campo, Jair retornou após cumprir suspensão. O volante atuou mais avançado, como um meia pela direita, ao lado de Savarino. 
O Atlético começou o jogo dominando as ações no campo de ataque, sem dar espaço ao Vasco. A equipe trocava passes e tentava encontrar os espaços na defesa adversária. 
E o time comandado por Jorge Sampaoli teve grande chance de abrir o placar. Aos 13’, Savarino cobrou falta na área e Léo Matos cortou com o braço. Pênalti marcado. Na cobrança, Hyoran acertou a trave. O meia do Galo acabou ficando com o rebote e o lance invalidado.
A série de erros do Atlético continou. Aos 17’, após chutão para o ataque, Arana cortou mal e, em indecisão, deixou Léo Matos tocar de cabeça. A bola sobrou limpa para o artilheiro Cano empurrar para as redes: 1 a 0.
O Atlético não se abalou com o gol e quase empatou com Savarino, que acertou a trave. O Vasco encolheu a marcação e buscava o contra-ataque. Sem espaços, o Galo mostrou falta de repertório para furar a defesa do time mandante. Mais uma vez, Vargas foi peça nula e pouco tocou na bola.
O Vasco, com a vitória parcial, esperava por espaços para contragolpear. E foi num lance isolado que Benítez fez belo lançamento para Léo Matos na direita. O lateral, livre da marcação de Arana, cruzou para Yago Pikachu. O lateral/atacante se antecipou a Gabriel e tocou na trave. O próprio Pikachu aproveitou o rebote e, com Everson caído, tocou para ampliar: 2 a 0.

No segundo tempo, o Atlético voltou com o mesmo time, mas com uma postura diferente. Guga apareceu mais pelo meio para receber a bola, enquanto Jair abria pelo lado direito. 

No entanto, a equipe seguia sem conseguir entrar na defesa do Vasco. O time da casa, pelo contrário, aproveitava os erros do Galo. Após boa troca de passes no campo de ataque, Benítez fez lindo lançamento para Cano, que dominou no peito e finalizou sem chances para Everson: 3 a 0.

Sampaoli mexeu no Atlético. Colocou em campo Nathan, Sasha e Marrony. As alterações surtiram efeito. Em boa jogada, Jair encontrou Sasha, que escorou de calcanhar para Hyoran finalizar para o fundo das redes: 3 a 1.

Apesar de seguir na pressão, o Atlético seguiu com dificuldades. As melhores chances eram em chutes de fora da área e cobranças de escanteio. Foi assim até o fim do jogo, quando Sasha fez o segundo do Galo em cobrança de escanteio: 3 a 2. No entanto, a equipe não conseguiu buscar o empate em São Januário.

VASCO 3 X 2 ATLÉTICO

Vasco Fernando Miguel; Léo Matos, Marcelo Alves, Leandro Castán e Henrique; Bruno Gomes, Léo Gil e Benítez (Carlinhos, 30/2°T); Yago Pikachu, Talles Magno (Gabriel Pec, 26/2°T) e Cano Técnico: Vanderlei Luxemburgo
Atlético Everson; Guga, Gabriel, Junior Alonso e Guilherme Arana (Nathan, 18/2°T); Allan, Jair e Hyoran; Keno, Savarino (Marrony, 18/2°T) e Eduardo Vargas (Eduardo Sasha. 18/2°T)Técnico: Jorge Sampaoli
Gols: Cano (17/1°T e 13/2°T); Yago Pikachu (31/1°T); Hyoran (22/2°T); Eduardo Sasha (48/2°T)Cartões amarelos: Léo Matos (13/1°T); Yago Pikachu (42/1°T); Talles Magno (11/2°T); Jair (16/2°T)
Motivo: 32ª rodada do Campeonato Brasileiro Local: estádio São Januário, no Rio de Janeiro Data e horário: sábado, 23 de janeiro, às 21h
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo (SP)Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa/GO) e Bruno Raphael Pires (Fifa/GO)VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO)

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
× Fale conosco?